ÓBVIOS ÓVNIS

Sonhou com discos voadores, seres de outros planetas, viagens em outras dimensões. Acordou sobressaltado pela madrugada, tão nítidas as imagens. Foi à cozinha, tomou um copo d’água, voltou a deitar-se. Sonhou novamente com o mesmo assunto. Agora em outras peripécias. Entendia as mais estranhas formas de comunicação, relacionava-se com os seres mais inusitados. Acordou exausto pela manhã. Contou tudo à mulher, que lhe disse quem mandou você comer feijoada no jantar? É nisso que dá! Não fora a feijoada, ele sabia. Contou para os colegas de trabalho. Foi o filme da tevê, afirmaram. Ele sabia que não era nada disso. O sonho muito nítido, muito detalhado, muito cheio de significados.
Na noite seguinte, tornou a sonhar com os tais seres e máquinas. E assim sucessivamente, durante quase um mês, quando então resolveu procurar uma analista, um ufólogo, um parapsicólogo, um pai de santo, um sensitivo. Cada um deu uma explicação. Nenhuma delas convincente.
Ao cabo de dois meses, sem mais suportar tais sonhos, deu de tomar bolinha para não dormir. As noites em claro começaram, então, a revelar-lhe espectros, sugestões sonoras desconhecidas, sensibilidades imprevistas. Decidiu juntar-se às tribos da noite em boates, cabarés, inferninhos, casas de massagens. Mais e mais captava estímulos especiais. Tinha-se convertido em para-raios humano de todos os medos do desconhecido, de todo o inexplicável.
Em menos de seis meses, seu corpo já emitia uma luminescência fosforescente e todos os objetos vibravam à sua aproximação. Inesperadamente ou não, começou a flutuar e a atravessar paredes e muros, até desfazer-se no ar num facho de luz brilhante que, tal um cometa, sumiu por entre as trevas da noite.

2 comentários sobre “ÓBVIOS ÓVNIS

  1. Zatonio

    Mestre, cuidado. Totó está querendo vir fazer um curso de literatura com você. Sei não, essa crônica é pura premonição. Prepare-se ou suma "por entre as trevas da noite".

  2. Saint-Clair

    Zé Antonio, já postei em seu blog meu parecer sobre o assunto. Quem não pode com mandinga não carrega patuá. É exu demais para o meu roncó.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s