CATÁSTROFE MAIOR QUE AS CHUVAS DE VERÃO

O noticiário noturno de ontem das tevês informou que o Ministério Público Federal apresentou denúncia contra o prefeito de Nova Friburgo e um de seus secretários, sob alegação de malversação de recursos destinados a fazer face aos estragos produzidos pela catástrofe de janeiro deste ano na Serra Fluminense.

A justiça (vou continuar a grafar com minúscula) não aceitou a denúncia, apesar de evidências, e os suspeitos continuarão em seus cargos refesteladamente.

Ora, meus amigos, bastaria apenas a suspeição sobre a conduta da autoridade, para que isso significasse o opróbrio de uma pessoa decente, ou pretensamente decente, ou qu tenha, nem que seja, um verniz de vergonha na cara.

No entanto, com esta decisão judicial, fica no ar a catástrofe maior, superior à causada pela natureza enfurecida em janeiro de 2011: o desvio de recursos para atender aos que sofreram.

Se não houve nenhuma obra de vulto para recuperar os estragos causados pelo temporal, há essa obra humana desclassificante: autoridades se aproveitam do dinheiro enviado em benefício próprio.

A um povo com um mínimo de vergonha na cara, bastaria um centavo desviado de finalidade como esta, para que tais cidadãos (se é que sejam cidadãos) fossem fuzilados em praça pública.

Às vezes, dá uma vergonha danada de ser brasileiro!

Nova Friburgo (abobado.wordpress.com).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s