A CÂMARA PARECE UM QUARTO DA GUAXA

Só não estou abismado com o arquivamento do processo de cassação de deputada Jaqueline Roriz, ocorrido ontem, porque nossos políticos são incapazes de nos abismar com maus exemplos, tantos são eles.

No entanto, o desconhecimento de tudo o que envolveu a nobre deputada só vem provar que a nossa Câmara é apenas um quarto de uma casa suspeita na guaxa (os do norte do Rio de Janeiro sabem do que falo), pois a maioria dos seus frequentadores se porta de forma que envergonha o País.

A nobre deputada, em seu discurso de defesa, alegou que os fatos que lhe são imputados ocorreram antes que ela fosse deputada ou candidata. E o que seria ela então: apenas uma cidadã corrupta, que recebe dinheiro sujo? Mas isto não importa, não é mesmo?

Seus pares foram incapazes de condená-la, uma vez que estariam virando a arma para suas próprias cabeças. Ou não?

Aliás, o sobrenome Roriz vive em noticiário sobre falcatruas. Seu pai, Joaquim Roriz, está sempre envolvido em alguma coisa suspeita.

Não passa um dia sem que nos envergonhemos de nossas mazelas.

Agora, mais essa!

Eh, paisinho mais sem-vergonha na cara!

A futura deputada recebendo a grana (magem em veja.abril.com.br.).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s