DEPOIS DO FMI É A FIFA

Imagem em cbandrade.blogspot.com.

Essas entidades internacionais que começam por F têm o péssimo hábito de querer imiscuir-se nos assuntos internos dos países.

Há alguns anos, todos temos triste memória disto, vivíamos sob o tacão do FMI – Fundo Monetário Internacional – que, ao fazer seus empréstimos ao país, ditava regras, exigia condutas, quase todas lesivas à economia popular.

Agora vem a FIFA, órgão máximo do futebol internacional, com regras de seu interesse para a realização da Copa do Mundo de 2014.

Uma das exigências é o fim do ingresso com desconto para estudantes e idosos.

Há leis no país que contemplam esses segmentos da sociedade, com o que a FIFA não concorda. E estão os membros da entidade e do governo nacional em conversas para chegar-se a um acordo.

Há até a ameaça de se editar uma Lei Geral da Copa do Mundo, em que tais alterações – suspensão de leis – possam atender as exigências da entidade.

Gosto de futebol – vejo até jogo do XV de Jaú com o Ferroviário de Araraquara -, mas acho este tipo de ingerência abominável sob todos os aspectos.

Não foram os senhores da FIFA que decidiram que a Copa de 2014 seria no Brasil? Então conformem-se aos nossos hábitos, costumes e legislação.

Como se diz: Em Roma, como os romanos. Ou, brasileiramente: Em terra de sapo, de cócoras com ele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s