PENSAMENTOS BEM-PENSADOS X

Imagem em guilima.blogspot.com.

A facilidade com que cérebro apaziguado de aposentado tem de pensar bobagens é imensurável. Agora, por isso, estou trazendo para vocês mais vinte pensamentos bem-pensados que tratam, praticamente, de toda a gama de interesse da humanidade. Eles vão da política à politicagem, do malandro à malandragem e da roubalheira à gatunagem. Sem sacanagem!

Espero que, se não gostem, sirvam para citações em momentos de aborrecimentos em suas vidas, em volta de uma mesa de botequim, onde a filosofia aflora sorrateiramente.

Aí vão:

1. À briga atual entre Orlando Silva e João Dias, ambos do PCdoB – Põe na Conta do Banco –, preferia o quebra-pau entre as macacas de auditório da Rádio Nacional nos idos dos anos 50.

2. A diferença entre uma crise no governo e uma crise renal é que, nesta última, um chá de quebra-pedra pode resolver tudo; naquela, só um transplante de ministros.

3. Para um mau entendedor, meia palavra é bosta.

4. Não há registro de protestos de galinhas ao Criador sobre o calibre do cu e o tamanho do ovo; portanto, aguente o tranco e siga em frente sem reclamar.

5. Há certos ministros do esporte que não aguentam o jogo duro do Segundo Tempo e pedem para sair.

6. Um dia é da calva, o outro é da Loção Pindorama

7. Macaco que quebra galho tem problemas com o IBAMA.

8. Todo Ricardão tem seu dia de Viagra.

9. A alegoria de mão daquela passista boazuda é o anel de esmeraldas que o presidente da escola lhe deu.

10. A Educação no Brasil é tratada por pessoas mal-educadas que não lhe dão a mínima importância.

11. Quando um canhoto entra com o pé direito no gramado, isto é sinal de má sorte.

12. Há igrejas por aí em que os milagres são agendados para todos os dias às mesmas horas, como se Deus batesse ponto tal funcionário de empreiteira.

13. Miséria pouca, minha bancarrota primeiro.

14. Nem todo homem que claudica desiste de perseguir a perseguida.

15. Será que Fernando Botero, o pintor dos gordinhos, ao ouvir falar em regime alimentar, perde a inspiração?

16. Não se faz omelete sem se adquirirem os ovos, ou, pelo menos, roubá-los no quintal do vizinho.

17. Queria escrever uma enciclopédia sobre a história da roubalheira no Brasil, mas alguém já me roubou a ideia.

18. Osvaldo Cruz, num tempo mais difícil, com tecnologia menos desenvolvida e com a descrença geral da população, conseguiu debelar do Rio de Janeiro a febre amarela e a varíola. Hoje, com recursos infinitamente maiores, nossas autoridades não conseguem fazer frente ao mosquito da dengue. Ai que saudades do Osvaldo Cruz!

19. Aprendi com os baianos que toda preguiça é pressa, assim como toda rede embaixo de coqueiros pode ser um bólido da F1.

20. Quando, em meados do século XIX, o Brasil passou a tomar banhos regularmente, apareceu logo um espertalhão que inventou a prática da lavagem de dinheiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s