MINISTÉRIO QUE DÁ TRABALHO

O ministro Carlos Lupi abrandou o tom de suas declarações (Só saio abatido a bala!), acerca das denúncias de corrupção em sua pasta, e apareceu no Congresso declarando amor à presidente Dilma. Porém ele o fez de uma forma tão contundente, que me pareceu mais uma ameaça.

Sei não, mas acho que a batata do Lupi, meu ex-aluno na FACEN – Faculdade de Formação Profissional Integrada, em Niterói, está tostada. Não demora muito e vira cinzas.

Até seu partido, o PDT – Põe Debaixo do Tapete, ameaça deixá-lo à própria sorte, que, no caso, é um baita azar. Contudo, talvez seja melhor só do que pior acompanhado; ou mal só do que bem acompanhado; ou bem só do que pessimamente acompanhado. Alguma coisa por aí!

Há alguns políticos (Não digo que seja ele.) que vão para a vida pública e a transformam em privada, tais são as m*rdas que fazem. Então chega uma hora que só uma faxina pesada, à base de desinfetante e creolina, resolve.

E o Ministério Que Dá Trabalho periga continuar em mãos do PDT, como ocorreu com os cinco últimos ministros defenestrados de suas cadeiras a poder de denúncias. O que vem confirmar a teoria de que para os inimigos, a lei; para os amigos, os cargos dos ministérios.

Mas, do baixo de minha ignorância, pergunto aos meus parcos e dedicados leitores: E a presidente vai dar para qual partido ético, comprometido com a correta gestão da coisa pública, de sua base parlamentar? Nem no Vaticano, tal partido existe. Nem em Potala.

MT: um cava, os outros aguardam sua parte (bloplaz.spaceblog.com.br).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s