AINDA O EGITO – A SAGA CONTINUA

Acho que estou começando a entender mais a situação egípcia, a partir da imagem do milico em chefe daquela nação hospitaleira e vetusta de milhares de faraós: o homem é feio como uma múmia. Só que vestida de verde caganeira e com aquele bonezinho safado sobre a cabeça.

Aí rolam mais informações: os milicos não querem largar o osso, que roem há décadas, através de parte substancial do orçamento do estado – cerca de 25%. Eu sempre soube que esse negócio de se preparar para a guerra dá o maior pé.

Desde que o rei Faruk I foi desapeado do trono, em 1954, por Gamal Abdel Nasser, jovem milico à época, que os militares detêm o poder no Egito, sob uma capa de governo civil.

E de lá para cá sucedem-se no poder e comandam o país.

Agora o povo se encheu disso e quer mudanças. Dizem que querem civis. Nada mais do que justo, numa terra onde a civilização tem milhares de anos.

Só temo – e repito isto mais uma vez – que religiosos de plantão e ávidos por conduzir o povo como seus fiéis se apropriem do poder e transformem o país numa teocracia retrógrada, como todas as teocracias são.

É mumificar-se para ver!

Vejam só a beleza do comandante Tantawy. A imagem vai em tamanho médio, para não espantar as criancinhas.(veja.abril.com.br).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s