NOTÍCIAS COMENTADAS IV

PMDB NA BASE ALIADA SÓ SERVE PARA DESALIAR

O PMDB é como aquele “amigo” que só aparece na boa. Quando você está por cima. Mas é cheio de não me toques, de nós pelas costas.

A presidente Dilma conheceu uma derrota no Congresso, com a não aprovação da indicação do Diretor dos Transportes Terrestres, Bernardo sei lá das quantas (aqui não importa o nome), só porque o partido está melindrado por não estar sendo recebido pelo Palácio,  e de lá não lhe retornarem as ligações e os bilhetinhos, e também não o cutucarem no Facebook. Coisas desta natureza.

Então, de pirraça, fez coro com a oposição e não aprovou essa indicação pessoal da Presidente.

Vou te contar: ter como aliado o PMDB dá nisso! Porque o PMDB já foi aliado de todos os governos que sucederam a ditadura militar, não importa qual seja o partido no poleiro. Mas ele tem seus melindres, tem seus achaques.

Bem feito para o governo! 

Charge colhida em wsantacruz.com.br.

SUPREMO DIZ QUE É INCONSTITUCIONAL, MAS NÃO É!

A nossa Corte Superior, o Supremo Tribunal Federal, julgou inconstitucional a lei que criou o Instituto Chico Mendes, o que determinaria, via de consequência, também a inconstitucionalidade de diversas outras medidas provisórias.

Aí o que aconteceu? Conserta-se tudo? Mas, não! Ora, se a iniciativa é inconstitucional, é inconstitucional. Isto é de uma clareza meridiana, como costumam dizer os causídicos.

O que, então, faz o STF em sua suprema sapiência? Simplesmente resolve reconhecer que, inconstitucional, só daqui para frente.

Assim fica no ar a pergunta, com a desconfiança mineira: Uai, sô! Então a Constituição não valia até ontem, para esse tipo de caso?

O Brasil é o país em que não existem pecados, pois a maior parte de seu território está ao sul da linha do Equador, o que significa dizer que aqui vale tudo (hoje até vale dançar homem com homem e mulher com mulher).

Para o Supremo, no entanto, não vale o escrito,

Pior que o jogo do bicho! 

 

BRASIL ACEITA DESCULPAS DA FIFA E DO BOQUIRROTO VALCKE

Agora só falta o governo recebê-lo com tapete vermelho.

Melhor, então, não ter feito o estardalhaço que se fez, para depois aceitar desculpas, perdoar e voltar com o mesmo sofá para a sala.

Sugiro, então, só para sacanear o Valcke, assim que ele chegar ao gabinete do ministro Aldo, um aspone qualquer passar a mão na bunda dele. E dizer depois que ele interpretou mal. Aqui isto é só uma brincadeira inconsequente.

Há momentos em que me dá uma coisa ruim em ser brasileiro. 

 

NITERÓI ENTREGUE À SANHA DOS BANDIDOS

São inúmeras as notícias de ações de bandidos na cidade de Niterói, nestes últimos dias.

Após o aperto que as autoridades deram na marginalidade na cidade do Rio de Janeiro, Niterói e diversas outras cidades do interior do Estado passaram a sofrer com o aumento da criminalidade.

As autoridades, contudo, dizem que não houve nenhum aumento. Está tudo como sempre.

E a grande ação de ontem, com a mobilização de um contingente imenso das forças de segurança para dar uma dura nos criminosos em diversos bairros da cidade, foi apenas uma encenação? Ou o que vimos era uma alucinação?

Se não houve aumento, por que tudo aquilo?

Há horas em que fico um pouco abobado e não entendo o que certas autoridades dizem. Não bate com a realidade. 

 

OUTRA DO STF

O deputado federal Sérgio Moraes (PTB-RS), acusado pelo Ministério Público de seu estado de cometer irregularidades, quando prefeito de Santa Cruz do Sul, e que disse que “se lixava para a opinião pública”, foi absolvido pelo Supremo Tribunal Federal. Que também se lixa para a opinião pública.

Até aí morreu o Neves!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s