ACHO QUE VOU EMBORA DO PAÍS II (E NÃO VOLTO MAIS)

O nosso querido e amado Patropi abençoá por Dê e boni por naturê sempre dá motivos.

É só o Botafogo começar engrenado no campeonato de futebol e vêm os corinthianos oportunistas, na rabeira da tabela, tentando desviar a atenção de todos do meu Glorioso.

Agora é o mais ilustre torcedor do time de Sumpaulo, o ex-presidente Lula da Silva, que cai em bocas de Matilde, com o imbróglio com o ministro Gilmar Mendes, na tentativa, segundo este, de mandar para as calendas gregas o julgamento do processo do Mensalão.

Vou ser sincero aos meus queridos leitores: o ministro não me é simpático. Diremos que nossos santos não batem, embora em seja completamente agnóstico. Mas sinto isso.

Por seu turno, não tenho muitas coisas contra o ex-presidente, até prova em contrário. Estou esperando pelo seu passamento, para saber como será o espólio que deixará.

O também ex-presidente Jânio Quadros, já morto, fez sua vida política toda com o discurso de combate à corrupção. Ele era originariamente professor de português, como eu. Ao morrer, deixou uma fortuna, pela qual, ainda em vida, entrou em briga com sua filha Tutu Quadros (que deve ter sido feita com farinha azeda).

Mas a notícia de agora deixa muito mal o ex-presidente. Alguns imaginam que os remédios para combater aquela doença ruim que tomou conta de parte de sua pessoa estejam provocando tais efeitos colaterais. Tenho a impressão de que ele não anda fazendo uso da branquinha, daquela que matou o guarda, de que ele gosta tanto (Também eu gosto e não o recrimino por isso.). Portanto não se pode atribuir aos seus efeitos a atitude denunciada.

No fundo, no fundo, desconfio de que seja o temor de uma condenação generalizada aos trapalhões do Mensalão, que é dada como certa pelos mais pessimistas.

A cara do ministro Gilmar Mendes, com todo o respeito, não merece muito crédito. Já conheci pessoa com aquela cara e que dava muita bandeira. Tomara que ele não seja assim e eu esteja completamente enganado.

Já a cara do Lula já foi mais confiável, é bom que se diga.

A do Nelson Jobim…

Acho melhor pedir asilo político ao Paraguai. Vou vender muamba na fronteira!

Caricatura por Álvaro Cabral (em alvarocabral.blogspot.com).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s