PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO ESTACIONAMENTO

Imagem em digitaldrops.com.br.

Lendo as últimas notícias sobre a utilização das dotações orçamentárias para aplicação no PAC, do Governo Federal, chego à conclusão de que alguma coisa anda malparada em tal política. Nunca se aplicou o total da verba destinada às obras, e este ano o índice é ainda menor que no mesmo período do anterior.

Assim é de se indagar sobre qual é a verdadeira intenção do governo com o PAC. Pois é muito estranho que a iniciativa, partida da própria administração federal, com intenção de acelerar o crescimento com a intervenção maciça em obras de infraestrutura, tenha resultados pífios.

Agora vêm autoridades justificando que, após tantas CPIs, a burocracia tenha aumentado, para que se liberem mais verbas com celeridade.

Ora, quem criou a burocracia foi este mesmo Estado, que dá esta desculpa.

Além da não utilização de verbas, há casos de obras interrompidas, como no conjunto habitacional de Itaboraí, à margem da BR-493, em Manilha. Imagino que, pelo país afora, a mesma situação se repita.

O que fica parecendo para a administração pública é que isto é uma mera brincadeira política, ou, o que é mais grave, um jeitinho brasileiro de colocar o dinheiro público de modo mais fácil para os contumazes assaltantes do erário.

———-

A notícia está em O Globo online.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s