FUTURO DE JOGADOR

Anoredino Pé-de-Chumbo era goleiro do time do Soca-Terreiro, com sede na Fazenda do Jacó. Brincava com um bando de meninos e rapazes – ele já homem feito -, para passar o tempo.

De beque-central ficava o sobrinho do dono do time, do terreirão e da propriedade. De repente, surge um ataque maciço do time adversário. E o ataque vem crescendo, vem chegando ao seu gol, até que outro garoto mete a bola na gaveta das traves feitas de bambu.

O goleiro reclamou do beque-central:

– Onde você estava na hora do ataque?

– Fui cuspir lá fora do campo.

– E por que não cuspiu dentro do campo, ô infeliz?

– Porque é falta de educação. – respondeu o menino na mais santa das inocências.

Até hoje, Anoredino Pé-de-Chumbo, os cabelos já grisalhos, ri de um menino beque-central de time de roça, que tinha a estranha educação de não cuspir dentro do campo de jogo e preferia ver um gol do adversário a sujar o terreirão de café.

Tudo isso porque o menino não tratava a bola por você, com intimidade. Mas por Excelência, Vossa Majestade, coisa e tal.

Cândido Portinari, Futebol, 1935 (em portinari.org.br).

Anúncios

2 comentários em “FUTURO DE JOGADOR

  1. Devia ser parente do Fábio Ferreira, esse menino.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s