DO DIREITO AO PITACO VIII

Meus parcos e pacientes leitores sabem que não sou pessoa de me omitir em nada, sobretudo em assuntos sem importância, que não resultem em tapas e pescoções. Por isso é que, diante de tantas notícias apelativas ao pitaco, permito-me meter a colher de pau nesse angu de caroço que é a atual conjuntura, signifique isto o que for.

1. Está no Jornal do Brasil desta quarta-feira: “Dirceu paga por Lula, diz 1ª mulher de ex-ministro – ‘Ou você acha que o Lula não sabia das coisas? ’” – Sem querer defender o ex-presidente, posso dizer que ele não sabia. A primeira mulher do Zé Dirceu (quantas mulheres ele teve?) que me perdoe, mas o Lula não sabia de nada. O Lula sempre disse isso, e sou levado a crer nele. Ex-mulher é complicado. Fala sempre pelos cotovelos o que bem entende. Lembram-se da ex-mulher do Celso Pitta? Pois, então! O coitado até morreu! E alguém tem de pagar mesmo. Mas tenho a impressão de quem pagará a maior parte da conta será o anão do circo, ou melhor, o Marcos Valério.

2. O Palmeiras, com a corda no pescoço, quer porque quer que o gol de mão de Barcos seja validado, ou o jogo seja anulado por erro de direito. Segundo entendem os dirigentes daquele estranho time paulista, não está direito anular um gol de mão, valendo-se Sua Senhoria, o homem do apito, de informações de cocheira, conforme se presume ter ocorrido no jogo contra o Internacional. O STJD – Superior Tribunal de Justiça Desportiva – determinou à CBF que não compute os pontos em favor do Internacional até que se decida validar ou não a imoralidade.

Então o diretorZinho do time do Flamengo, também mal das pernas no campeonato, aproveita o imbróglio e quer a suspensão do certame até que se decida a pendenga. Isso é desculpa de quem quer um tempo maior para não ficar dando vexames amiúde.

Imagem em timesdebrasil.com.br.

3. O corregedor nacional da justiça, Francisco Falcão, lançou ontem no Tribunal de Justiça da Paraíba o projeto “Presença do juiz na comarca”.

Aí, com toda a sinceridade, não sei se rio, se choro, ou se fico na janela olhando a banda passar.

Acho que o papa está vindo aí ao Brasil para lançar o projeto “Presença do santo no altar”.

Tenho também outras ideias: Presença do pinguço no boteco; Presença do urubu na carniça; Presença do fio-dental no verão de 2013; Presença do tamborim no carnaval carioca; e por aí afora!

Ora, doutor corregedor, isso é um atestado público da desídia dos juízes! É passar uma certidão de que eles ganham, mas não comparecem à comarca. Gazeteiam mais que trabalham.

Quero crer que não haja necessidade de nenhum projeto. É só mandar o cara ir trabalhar. Ou será que eles também fazem como os deputados e senadores em Brasília?

4. Estão dizendo que Sandy – não confundir com aquela cantora brasileira, como ocorreu com este blogueiro na postagem de ontem – é que decidirá as eleições norte-americanas.

É possível a um visitante inopinado como Sandy votar naquele país? Chegou e já vai decidir a eleição?

Estou achando o sistema eleitoral de lá meio esculhambado, né não?

Aqui é muito mais organizado: você  tem de levar o título de eleitor e outro documento com foto.

Lá, pelo que se vê, qualquer um que estiver mesmo apenas de passagem vota.

Por isso é que elegem tipos como Bush!

Eh, mundão velho, sô!

Anúncios

2 comentários em “DO DIREITO AO PITACO VIII

  1. Roberto Bedu disse:

    Uma das mulheres do Ze Dirceu não sabia com quem era casada. Seria essa?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s