POEMINHA CAUDALOSO

aflora à minha pele a dor de cada hora
irrompem em meus sentidos desejos desnorteados
meu juízo é meu desatino
e dos olhos borbotam rios desbordados

Van Gogh, Paisagem sob um céu tormentoso

Van Gogh, Paisagem sob um céu tormentoso.

Anúncios
Esta entrada foi postada em Poesia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s