MUITO RELATIVO

Há sempre
Um motivo
Muito antigo
De se ver
O que nos parece ser
Mas que de fato não é.
É que tudo
É certamente
Muito relativo
Assim ao vivo.

 

File:Bust Voltaire.jpg

Salvador Dali. Slave market with the disappearing bust of Voltaire, 1940 (em en.wikipedia.org).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s