NA CONTEMPLAÇÃO DO MAR

Olhar o mar
No que o mar tem de insondável
E ver no mar
Aquilo que é sereno
A calma que emerge das águas
Quando não está em fúria
Porque em fúria
O mar não está pra peixe
Nem quer saber de contemplação

Contemplando o mar 2 20131119_172112

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s