O VERÃO E SUAS QUEIMADURAS

O verão começou em dezembro, mas ainda não tinha dado as caras com a contundência que dele se espera em terras tropicamericanas.

Foi só romper o Ano Novo, para ele se manifestar. Eu estava em Campos do Jordão entre 30 de dezembro e 1° de janeiro e não senti nenhum desconforto que via publicado no Facebook dos amigos. Lá o verão é, como diz meu amigo Eduardo Campos, civilizado. Aliás, ele mesmo se homiziou em Visconde de Mauá para passar seu aniversário, que ocorreu na véspera de Santos Reis, a fim de fugir dessa falta de civilidade do tempo.

Depois que desci a montanha, é que pude aquilatar os efeitos da onda de calor que nos esbraseia. Tenho suportado estoicamente, a poder de ar condicionado e cerveja gelada, o que a tresloucada natureza nos impõe. Contudo devo confessar que não suporto essa novidade de sensação térmica. Não aguento ouvir falar em, por exemplo, quarenta graus de calor com a sensação de cinquenta. Quem é que comprova isso? A quem interessa esse tipo de terrorismo meteorológico? Já não basta a sensação causada pelos quarenta graus, e ainda vem uma besta quadrada para dizer que o troço ainda é pior. Estou muito propenso a processar ou os fabricantes de termômetros ou os pregoeiros do caos. Ou bem sinto os quarenta, ou quero o meu dinheiro de volta.

Há alguns anos não havia nada disso. O troço era batata! Ou fazia aquela temperatura, ou não fazia. Não ficavam nesse negócio de dizer que não é bem assim, o senhor está sendo ludibriado em sua boa-fé calorífica.

Até mesmo no inverno, entram tais anunciadores para dizer que a sensação é maior do que o termômetro indica. Que merda é essa? É tudo uma empulhação só? Além dos políticos, os termômetros também nos enganam? Estou chegando à conclusão de que não se pode confiar mais em nada. Mas não admito nem um grauzinho a mais ou a menos naquilo que estou sentindo.

Façam-me o favor!

Termômetro em Campos do Jordão no dia 30/12/2013 (foto do autor).
Termômetro em Campos do Jordão no dia 30/12/2013 (foto do autor).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s