HISTORINHA INFANTIL*

Uma aranhinha transparente
Sobe na parede sem cuidado
Vem chuva, vem raio, vem vento
E a aranhinha quase cai
No duro chão de asfalto
Até que num lance perfeito
Lança sua forte teia de tirante
Que a sustenta como que por encanto
Da chuva, do raio, do vento
E acaba virando uma estrelinha cadente
No céu da boca da lagartixa alvinitente

 

Imagem em culturamix.com.

*Inspirado na canção infantil A dona aranha e nas lagartixas da parede da minha casa, em Carabuçu, pelos anos 50/60.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s