SOIS REI?

Numa entrevista ao Pasquim, nos bons tempos da publicação alternativa de humor, o dicionarista Aurélio Buarque de Holanda (1910-1989) contou um fato interessante.

Assim que foi eleito para a Academia Brasileira de Letras, providenciou a confecção do fardão da posse e começou a preparar o discurso solene com que tomaria assento na Casa de Machado de Assis.

Na data marcada, paramentou-se todo com o tal fardão e chamou, por telefone, um táxi para o levar até o centro da cidade, onde se localiza a sede da ABL.

No horário agendado com o táxi, desceu do prédio, pegou o veículo, sentando-se atrás, para esparramar sua figura emproada, de espada à cinta, e deu o endereço ao motorista.

O homem começou o trajeto e, um tanto espantado com o passageiro, sempre dava uma olhadela curiosa pelo retrovisor para a estranha figura do nosso grande dicionarista. Nunca havia visto alguém assim vestido. Muito menos que fosse seu cliente. Até que, não mais se aguentando de curiosidade e medindo as palavras com que se dirigiria a tão ilustre passageiro, a fim de não parecer desrespeitoso ou inadequado, lascou a seguinte pergunta ao tio do Chico, vazada na majestade da segunda pessoa do plural:

– Sois rei?

 

Imagem em blogdoims.com.br.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s