VAN GOGH MORREU!

(Dedicado a Estefânia e Eduardo, pais do pequeno.)

Voltávamos, hoje pela manhã, do Hortifruti, aonde fomos comprar algumas verduras. Francisco e eu. Ao entrar no condomínio onde moro, no corredor de acesso ao elevador de serviço, ele me diz alguma coisa que não entendi bem, o que me obrigou a perguntar:

– Que Jorge morreu, Francisco?

Ele então falou mais pausadamente:

– Não, vovô! O Van Gogh morreu!

Aqui é preciso explicar. Em sua nova escola, os pequenos de três anos estão sendo abordados com a obra de Van Gogh. Como dever de casa, cada criança, com a ajuda dos pais, deveria tentar construir uma das peças do cenário do famoso quadro Quarto em Arles do mestre holandês. Então ele está envolvido com este tal projeto Van Gogh.

– Ah, sim, Francisco: Van Gogh já morreu! Ele foi um grande pintor, não foi?

– Foi, vovô.

E rememorei a tarefa que ele tinha feito em casa neste último fim de semana, com o quadro famoso. Aproveitei para lhe dizer sobre outros quadros também muito bonitos do artista, os quais descrevi sumariamente – A noite estrelada e Campo de girassóis -, com a promessa de mostrá-los pelo computador, mais tarde.

Quando entramos no elevador, muito compenetrado, Francisco completa o rol de suas preocupações mais recentes:

– Beethoven também já morreu, vovô!

 

Vincent Van Gogh, Quarto em Arles – 3ª versão1889 (em pt.wikipedia.org).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s