A POSE DA PEDRA

Aí vão algumas das muitas fotos que tenho feito da Pedra de Itapuca, localizada entre Ingá e Icaraí, em Niterói. Esta pedra é o resto de uma antiga pedreira, sob a qual passava o túnel para o trilho do bonde. Com o alargamento da avenida praiana, a pedreira foi desmontada, mas deixaram a Pedra de Itapuca dentro do mar. Ela hoje é um dos cartões postais de Niterói e já foi retratada incontáveis vezes, tanto pela lente de câmaras fotográficas, quanto pelos pincéis de pintores daqui e de fora. Na sua base, periodicamente, veem-se catadores de mexilhões à procura do molusco e, nas ondas mais fortes que quebram sobre ela, bandos de surfistas, que se arriscam a um choque com a pedra. (Fotos tomadas em 22/9/2015, entre 16h47 e 16h57).

 

DSC04109 DSC04120h47 e 16h57).

DSC04111 DSC04118 DSC04127 DSC04128 DSC04129 DSC04133

ÁRVORES SECAS

(Para minha irmã Verônica e o amigo Zatonio Lahud.)

 

No último sábado, percorrendo a estrada que sobe de Bom Jesus do Norte para São José do Calçado, a ES-484, registrei várias árvores secas nos morros que compõem a paisagem. A tarde estava nublada, ou enfarruscada, como dizia meu saudoso pai. Selecionei algumas, que espero sejam do agrado dos meus visitantes.

121 127 128 138 141 142 148