ESTIVE FORA, MAS VOLTEI!

Não sei se os parcos amigos leitores sentiram minha falta nos últimos dez dias. Se sentiram, obrigado! Se não sentiram, é porque realmente não faço falta, e isto me consola. Não pretendo fazer falta aos outros. Se gostarem um pouquinho só de mim, já me bastará.

É que estive de viagem, para cumprir uma promessa feita a minha netinha Gabriel, quando ela tinha seis anos. Prometi-lhe, à época, que, quando ela tivesse oito, eu a levaria a Paris.

Fomos, então, os três: ela, a avó e eu. Mas já chegamos. Ontem. Para ser mais preciso, no final da tarde.

Como ainda estou um tanto enferrujado nessa coisa de ficar inventado história, de papo furado, ou conversa de cerca-lourenço, tão comum aqui neste espaço, vou aproveitar para postar uma das fotos da viagem. Espero que gostem.

E mais direi em outras oportunidades.

A seguir, a imagem do pôr do sol em Paris, com a Catedral de Notre Dame e o Rio Sena, em cujas margens os franceses e os turistas vão curtir o verão.

20130720_212030