UMA TERÇA ANORMAL

Jane me chamou para ver a Casa Design 2012 de Niterói, que está completando dez anos. Vamos com frequência ao evento, embora no do último ano não o tenhamos visto.

Não sei se todos sabem, mas a Casa Design é um evento de arquitetura e decoração que ocorre anualmente em nossa cidade, no formato da Casa Cor, já consagrada no Rio de Janeiro.

Lá fomos nós para ver o que nossos arquitetos e decoradores têm de novidade e de arte para a casa. Ainda que sob a ameaça de Jane já começar a imaginar fazer todos os tipos de obras e intervenções em nosso simplório apartamento.

Este ano o imóvel escolhido fica na rua que sobe para o Parque da Cidade. Segundo informações, ele pertence a um norte-americano que começou sua construção, mas não a finalizou. Ele estava no osso – o imóvel e não o proprietário – , como se diz, quando os profissionais o pegaram para as transformações no que lá estão agora.

Quero dizer aos amigos leitores que é uma agradável surpresa o espaço que criaram no esqueleto que havia no local. Já ouvi dizer que o proprietário pretendia fazer ali uma pousada.

A casa, localizada na segunda metade da subida para o Parque da Cidade, tem uma vista privilegiada da Baía de Guanabara, de Niterói e do Rio de Janeiro. Os ambientes criados são de muito bom gosto, de alta sofisticação, e revelam o apuro técnico dos profissionais envolvidos no projeto.

Quero, porém, destacar três ambientes que me chamaram a atenção no imóvel, que se distribui por quatro planos construtivos, vez que se localiza em terreno de encosta. Um é uma grande sala com um piano, distribuída em dois ambientes, com decoração de tons mais escuros – living da música e da leitura, da arquiteta Aparecida Barreto e colegas. Outro é o espaço superior, onde se localiza a piscina e outros ambientes, com uma vista deslumbrante – piscina da contemplação – das arquitetas Paula Martins e Helena Bernardo. E o terceiro, que nos foi recomendado pela garota que apresentava um dos ambientes, acessado por uma escada em dois lances, é o home theater.

Quando chegamos ao home theater, tivemos um impacto altamente agradável do ambiente montado e ficamos ainda mais felizes ao descobrir que ele fora planejado por nosso amigo Cláudio Brandão e seus colegas Naná Poubel e Yuri Nunes. Ambientação aconchegante, com belo planejamento de iluminação, que permite vários tons de luz, conforme o momento a se usufruir, o home theater nos convida a passar algumas horas ali, tal o conforto que salta aos olhos.

Por fim, terminada a visita, descemos a encosta, pela van que conduz os interessados, vez que não há como estacionar no local, e fui alertado pelo motorista de que “o carro placa tal” tinha ficado aberto ao lado da pracinha. Brinquei com ele, dizendo que tudo estava no seguro, menos os CDs que lá estavam.

Ao chegar ao carro, verifiquei que o vidro do carona ficara aberto, mas nada sumira, apesar de várias pessoas estarem no momento nas imediações.

Para comemorar tarde tão auspiciosa, fomos até o novo espaço Família Paludo, agradavelmente aberto sobre o calçadão de São Francisco, de onde fiz a foto que ilustra esta postagem, entre uma e outra taça do vinho siciliano Sedára Donnafugata (uva Nero d’Avola, 13,5%, 87 pontos de Robert Parker, safra 2007), acompanhado de um baby beef preparado pelo parrilero uruguaio Gustavo, importado pelo restaurante para o comando de sua grelha.

Há dias em que sair de casa, até mesmo com certa má vontade, é de um prazer só.

Pôr do sol desta última terça-feira, em São Francisco, Niterói (foto do autor).

———-

Casa Design 2012 – Av. N. Sra. de Lourdes, 345, São Francisco, Niterói – tel. 2714-9901. De terça a sábado das 13 às 21h e domingo das 13 às 20h; até 2/12/2012.