PRAGA DE BOTAFOGUENSE É FATAL

Há algum tempo descobri, por indicação de um taxista, que a Leiteira Vitória, na Rua Dr. Celestino, quase esquina de Marquês de Paraná, fazia um torresmo muito bom. Para provar o que dissera, o motorista parou o táxi em frente ao estabelecimento, deixou-me ir até o balcão pegar um torresmo graúdo – pediu também que lhe levasse um –, sincronizando uma dentada comigo, no momento em que recolocava a viatura em marcha. Era, de fato, muito saboroso e crocante, apesar do tamanho um tanto exagerado.

Então ao fazer uma feijoada e no intuito de facilitar minha vida de cozinheiro, resolvi encomendar uma porção da iguaria, num calibre bem menor, em vez de ter a trabalheira toda em produzir meus próprios torresmos, se fosse seguir a receita que peguei com minha irmã Elizabeth.

No dia e na hora de pegar a encomenda, fui até o estabelecimento com a nota do pedido na mão. O dono pega o papel, vai até o fundo do espaço, e, sob uma tosca escada de madeira, longe da minha visão, pergunta ao cozinheiro, num tom de voz que seria para não ser ouvido, mas que meus ouvidos de tuberculoso escutaram claramente:

– Fulano, o torresmo do coroa está pronto?

Logo a seguir, volta até o balcão e me diz que a encomenda estava sendo embalada.

Embora seja coroa, não gostei de ser chamado de coroa. Aliás, que eu saiba, nenhum coroa gosta. Assim, na hora, peguei birra com ele – também nem tão novo assim – e, com a força do meu pensamento corrosivo, lancei uma maldição contra aquela microempresa de implementação do colesterol alheio.

Pois muito bem, a Leiteira Vitória, bem como o prédio onde se localizava, hoje não mais existem. Vão virar chão de rua, pista de rolamento de veículos, sarjeta por onde correrá futuras enxurradas.

O pior de tudo é que fiquei sem os deliciosos torresmos da Leiteira Vitória.

A maldição foi excessiva. Não precisava tanto. Bastava um curto-circuito no velho freezer, uma infestação de ratos no depósito de mercadorias ou uma multa da Vigilância Sanitária ou, quem sabe, do INSS, ao fiscalizar a correção do contrato de trabalho das mãos mágicas que produziam aquela gostosura.

 

Resultado de imagem para torresmo

Imagem em xtudoreceitas.com.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s